O tecido linfático é responsável pelo transporte corporal do líquido que extravasa das artérias e das veias nomeado de linfa. Dessa forma, os vasos linfáticos devolvem este líquido de volta para a circulação.
Em determinadas ocasiões, ocorre acúmulo de linfa em algumas partes do corpo, ocasionando inchaço local, sendo este chamado de linfedema. Juntamente com esse edema, podem ocorrer outros sintomas, como dor e até infecção local, como a erisipela.

Em alguns casos de linfedema não há uma causa aparente, sendo este tipo de inchaço classificado, no meio médico, como primário. Já em casos com motivo definido, destaque para cirurgias prévias, infecções, traumas e radioterapia como fatores responsáveis pelo doença

Pelo fato de ser uma doença crônica, o linfedema necessita de cuidados especiais para que não ocorra a piora do quadro. Para tratamento, utiliza-se uma terapia complexa, envolvendo desde uso de meias elásticas ou faixas inelásticas, até drenagem linfática periódica e cuidados diários com a pele.